« Home | Schwarzenegger impede uniões gay » | Que bela ideia! » | Estrangeiros podem casar » | "Há uma diferença fascinante a muitos níveis entre... » | Casamentos gay: Juiz das Canárias bloqueia uniões » | Canadá Governo alerta homossexuais » | Espanha: Juíza impede um casamento 'gay' » | Entrevista a Francisco Louçã » | Papel da UE na defesa dos direitos homossexuais em... » | Realizado primeiro casamento "gay" » 

sábado, setembro 10, 2005 

Consenso nos apoios à comunidade homossexual

Além do debate sobre a frente ribeirinha, as cinco candidaturas à presidência da câmara também se reuniram com a comunidade homossexual de Lisboa. No encontro debateu-se Arraial Pride, um evento apoiado pela Câmara de Lisboa mas que, depois de muitos anos a ter lugar no Jardim do Príncipe Real, foi transferido em 2002 para o Parque do Calhau, em Monsanto, uma zona periférica da cidade. A mudança não agrada à ILGA nem a Ana Drago, a número um da lista do BE à Assembleia Municipal, para quem as pessoas com diferentes orientações sexuais devem "estar na rua, no meio da cidade, e não escondidas no meio de Monsanto". As várias candidaturas entenderam-se em relação à maioria dos tópicos em discussão, casos da necessidade de integrar as minorias na vida da cidade e da adopção de políticas contra a discriminação. Só no tema dos casamentos entre homossexuais houve dissonância, com o representante do CDS/PP, Diogo Henriques, a defender que para "situações diferentes devem existir contextos jurídicos diferentes". António Abreu (CDU), José Amaral Lopes (PSD) e Nuno Gaioso Ribeiro (PS) também participaram no debate.

Publicado no Público.

Objectivo

  • O objectivo deste blog é recolher toda a informação relativa ao casamento entre pessoas do mesmo sexo que vá sendo publicada nos principais meios de comunicação portugueses. E a informação publicada no estrangeiro sobre Portugal. Além de textos informativos também serão recolhidos textos de opinião positiva ao casamento homossexual. Este blog não tem qualquer finalidade comercial, no entanto se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo constante neste sítio comunique-nos, por favor, através do nosso e-mail, que também deve ser usado para nos enviar qualquer sugestão, dúvida ou comentário. Obrigado.
Powered by Blogger
and Blogger Templates