« Home | Não aos casamentos gay » | Milhares em Madrid contra casamentos 'gay' » | Políticos ameaçados por gays em Espanha » | Vereador António Abreu defende casais homossexuais... » | Papa condena uniões gay » | Referendo: Suíça aprova Shengen » | Paris: Gays acusam Papa de ser homofóbico » | Suíça Referendo avalia uniões 'gay' » | Corpos de bebés "em lixeiras" » | Boda gay em programa infantil suscita controvérsia... » 

terça-feira, junho 21, 2005 

Dia do Orgulho Gay: Associação defende criação de Gabinetes Contra Discriminação

A associação de defesa dos direitos dos homossexuais Opus Gay apelou hoje ao Governo para que sejam tomadas medidas "urgentes" contra a marginalização das minorias, nomeadamente através da criação de "Gabinetes Contra a Discriminação".

Num manifesto elaborado a propósito do Dia do Orgulho Gay, que se assinala sábado, o presidente da associação, António Serzedelo, defende a criação de gabinetes públicos e de uma "Agência Pela Diversidade", onde todos os cidadãos se possam dirigir "para obter reparos das ofensas de que são vítimas, por razões de discriminação".

No documento, a Opus Gay lembra ao Executivo socialista a promessa governamental de adoptar todas as políticas comunitárias contra a discriminação e a exclusão social das minorias.

A associação reclama ainda a revisão da lei das uniões de facto, que considera "inoperante", e da legislação que impede o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo.

A Opus Gay considera que "cada vez há mais exclusão" em Portugal e lembra ao primeiro-ministro, José Sócrates, que "defender os direitos humanos não tem custos económicos, mas ignorá-los traz graves custos sociais".

Numa carta dirigida ao Presidente da República, datada de 25 de Maio, António Serzedelo apelava também a uma intervenção pública de Jorge Sampaio contra a marginalização das minorias.

Na missiva, que não obteve resposta por parte do Chefe de Estado, a associação sublinha que não pretende a realização de uma presidência aberta especificamente dedicada aos direitos sexuais, mas uma iniciativa presidencial orientada para a promoção da tolerância relativamente a todas as minorias, incluindo as minorias sexuais.

"Sentimos que é nossa obrigação recordar ao primeiro garante da democracia em Portugal que ela não só não avança, como não acerta o passo com a União Europeia se continuarmos a assistir a inquietantes sinais de perseguição e intolerância das várias minorias, incluindo as sexuais, no nosso país", refere a Opus Gay na carta enviada a Jorge Sampaio.

A associação refere-se, em particular, a acontecimentos recentes em Viseu, onde foram relatadas perseguições a elementos da comunidade homossexual da cidade.

O Dia do Orgulho Gay assinala-se sábado com uma marcha em Lisboa, entre o Marquês de Pombal e o Rossio, e um arraial no Lugar do Calhau, em Monsanto.

Notícia RTP.

Objectivo

  • O objectivo deste blog é recolher toda a informação relativa ao casamento entre pessoas do mesmo sexo que vá sendo publicada nos principais meios de comunicação portugueses. E a informação publicada no estrangeiro sobre Portugal. Além de textos informativos também serão recolhidos textos de opinião positiva ao casamento homossexual. Este blog não tem qualquer finalidade comercial, no entanto se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo constante neste sítio comunique-nos, por favor, através do nosso e-mail, que também deve ser usado para nos enviar qualquer sugestão, dúvida ou comentário. Obrigado.
Powered by Blogger
and Blogger Templates