« Home | Congresso espanhol aprova casamento entre homossex... » | IRS discrimina gays » | Pelo menos uma vez... » | Catalunha aprova adopção de crianças por casais ho... » | Tribunal de São Francisco declara inconstitucional... » | Juiz apoia união de homossexuais » | Espanhóis continuam a preferir Zapatero após um an... » | BE defende casamento gay » | Portugal penaliza bastante solteiros face aos casa... » | Divórcio «gay» » 

sexta-feira, abril 22, 2005 

Espanha aprova casamento entre homossexuais

Por Manuel Lopes, correspondente em Madrid

O parlamento espanhol aprovou ontem, em sessão plenária, os projectos de lei propostos pelo Governo que legalizam os casamentos entre pessoas do mesmo sexo e que reformam a Lei do Divórcio - que passa a ser mais fácil e rápido. A nova lei permite ainda a adopção conjunta de crianças.

Os dois projectos - com o de luta contra a violência de género já aprovado e em vigor desde há algumas semanas - eram as reformas sociais "estrela" do governo socialista para este primeiro ano de poder. Fica a faltar o da ampliação da lei do aborto, previsto para esta legislatura, mas que, por enquanto, não tem prazo marcado.

Os dois projectos, aprovados com amplas maiorias de 183 e 192 votos - em 350 possíveis - ainda terão que passar pelo Senado e, se receberem alguma emenda, prevista mas apenas como pequeno retoque, voltarão ao Parlamento para aprovação definitiva dentro de poucas semanas.

A lei dos casamentos gays, com que Espanha se coloca à cabeça da Europa - depois da Holanda - no reconhecimento da igualdade entre os sexos para efeitos de matrimónio, será aprovada no Dia do Orgulho Gay.

Contra esta lei só votaram os deputados do Partido Popular (PP), com excepção da ex-ministra da Saúde, Célia Villalobos, que rompeu a disciplina partidária e votou a favor. Nacionalistas bascos e catalães (democrata-cristãos) tiveram liberdade de voto. O PP propunha o reconhecimento dos direitos dos homossexuais como "uniões de facto" mas sem a equivalência à fórmula do matrimónio.

A reforma da Lei do Divórcio, em vigor desde princípios dos anos 80, estabelece como principais novidades que a partir de agora não será necessária a separação prévia durante um ano. Quando houver acordo entre as partes, não terão que ser apresentadas causas. Haverá só um processo, com o que tudo será mais rápido e económico.

Publicado no Diário de Notícias.

Objectivo

  • O objectivo deste blog é recolher toda a informação relativa ao casamento entre pessoas do mesmo sexo que vá sendo publicada nos principais meios de comunicação portugueses. E a informação publicada no estrangeiro sobre Portugal. Além de textos informativos também serão recolhidos textos de opinião positiva ao casamento homossexual. Este blog não tem qualquer finalidade comercial, no entanto se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo constante neste sítio comunique-nos, por favor, através do nosso e-mail, que também deve ser usado para nos enviar qualquer sugestão, dúvida ou comentário. Obrigado.
Powered by Blogger
and Blogger Templates