« Home | 'The Economist' chega ao milhão de revistas vendid... » | A invenção do namoro e outras ficções felizes » | Associação cívica pede processo-crime contra padre... » | Igreja aperta cerco à anulação de uniões » | Cartoon de Bandeira » | Em defesa dos 'bons costumes' » | Igreja critica política social de Madrid » | Sócrates contra posições de pároco » | Em defesa dos referendos para destituir políticos » | Perguntas para Uma Legislatura: Partidos com abert... » 

terça-feira, fevereiro 22, 2005 

Casamento gay em episódio de "Os Simpsons"

Polémica nos EUA



O último episódio de "Os Simpsons" exibido nos Estados Unidos está a causar grande polémica. E tudo porque a irmã de Marge Simpson, Patty Bouvier, revelou que era lésbica, enquanto Homer celebrou uma série de casamentos entre pessoas do mesmo sexo.

O programa inflamou vários grupos conservadores, pois tocou na ferida dos americanos a legalização do casamento gay.

Nesta história de desenhos animados, o prefeito Quimby legaliza as uniões gay com o objectivo de tirar Springfield da crise. Homer conseguiu uma licença para ser pastor e poder cobrar 200 dólares por cada casamento. O único morador da cidade a não concordar com a ideia é o reverendo Lovejoy, enquanto que a sempre "politicamente correcta" Marge é uma das que mais apoiam a novidade, até que fica a saber que a irmã é lésbica.

O episódio de "Os Simpsons" incluiu beijos gay e foi exibido depois de um aviso de advertência aos pais. Refira-se que a série é transmitida na estação Fox, aos domingos, no horário nobre; onde consegue, frequentemente, boas audiências.

Publicado no Jornal de Notícias.

Objectivo

  • O objectivo deste blog é recolher toda a informação relativa ao casamento entre pessoas do mesmo sexo que vá sendo publicada nos principais meios de comunicação portugueses. E a informação publicada no estrangeiro sobre Portugal. Além de textos informativos também serão recolhidos textos de opinião positiva ao casamento homossexual. Este blog não tem qualquer finalidade comercial, no entanto se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo constante neste sítio comunique-nos, por favor, através do nosso e-mail, que também deve ser usado para nos enviar qualquer sugestão, dúvida ou comentário. Obrigado.
Powered by Blogger
and Blogger Templates