« Home | Anúncio da ILGA começa a passar na TV » | Casamentos 'gay' ficam na gaveta » | «Igreja propõe doutrinas mas não as pode impor» » | Espanha vai aprovar o matrimónio "gay" » | Monteiro rejeita adopção fora do casamento » | Igreja lança campanha contra casamento 'gay' » | Bispos declaram guerra às reformas de Zapatero » | Casamento entre homossexuais banido em nove estado... » | Luz verde de Madrid a Casamentos Gay » | Igreja Católica desmente ter convocado protesto » 

sábado, janeiro 22, 2005 

Exército do Canadá autoriza homossexuais a casarem

Por Manuel Carlos Freire

Primeiro-ministro canadiano dramatiza questão em visita à China

As Forças Armadas do Canadá autorizaram os seus capelães a realizar casamentos entre pessoas do mesmo sexo dentro das unidades militares, num momento em que o Governo federal dramatiza a importância da questão perante as reservas da oposição conservadora.

Ontem, à margem da visita oficial à China, o primeiro-ministro canadiano (liberal), Paul Martin, declarou estar disposto a convocar eleições antecipadas se houver entraves à sua intenção de reconhecer legalmente os casamentos homossexuais e entre lésbicas.

O governante, citado pelo site canadiano CTV.ca, reagia às críticas do líder do Partido Conservador, Stephen Harper, para quem a aprovação da lei proposta pelo Governo poderá conduzir, a prazo, à defesa da poligamia.

A polémica acentuou-se depois da decisão do Supremo Tribunal do Canadá, a 9 de Dezembro, em reconhecer que aqueles casamentos não tradicionais estavam de acordo com a Carta dos Direitos e Liberdades cívicas do país, embora não se tivesse pronunciado pela inconstitucionalidade da actual definição de casamento (entre homens e mulheres).

Os conservadores rejubilaram, na medida em que tribunais inferiores já declararam a inconstitucionalidade daquele conceito tradicional. O Governo, segundo o site do Ministério da Justiça, entendeu que a sua proposta legislativa respeita simultaneamente os direitos de Igualdade e de Liberdade Religiosa (ao não obrigar os padres a celebrar cerimónias que ponham em causa os seus princípios de fé).

Quanto às Forças Armadas, o coronel capelão Stan Johnstone explicou ontem (citado pelo referido site) "Os militares também são cidadãos canadianos e temos de cumprir as leis do país e da província em que residimos".

Publicado no Diário de Notícias.

Objectivo

  • O objectivo deste blog é recolher toda a informação relativa ao casamento entre pessoas do mesmo sexo que vá sendo publicada nos principais meios de comunicação portugueses. E a informação publicada no estrangeiro sobre Portugal. Além de textos informativos também serão recolhidos textos de opinião positiva ao casamento homossexual. Este blog não tem qualquer finalidade comercial, no entanto se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo constante neste sítio comunique-nos, por favor, através do nosso e-mail, que também deve ser usado para nos enviar qualquer sugestão, dúvida ou comentário. Obrigado.
Powered by Blogger
and Blogger Templates