« Home 

sábado, fevereiro 14, 1998 

Sérgio não desarma

Depois do aborto JS apresenta uniões de facto

«NO DIA em que estiver concluído o processo relativo ao aborto avançam as uniões de facto» - garante Sérgio Sousa Pinto, em entrevista ao EXPRESSO. O jovem dirigente socialista adverte que o respeito que tem por António Guterres não o inibe nem o dispensa de fazer a sua própria avaliação do que deve ser o desempenho de um socialista.

E advoga que governar à esquerda é ter a capacidade e a ousadia de «fazer rupturas». Desconfiando das boas intenções de Marcelo Rebelo de Sousa, o secretário-geral da Juventude Socialista é hoje uma voz isolada contra o referendo ao aborto.

O projecto de reconhecimento das uniões de facto é susceptível de desencadear acesa polémica, ao colocar em pé de igualdade, para quase tudo menos a adopção, os casais de homossexuais e as uniões clássicas homem-mulher.

Publicado no Expresso.

Últimas notícias

Objectivo

  • O objectivo deste blog é recolher toda a informação relativa ao casamento entre pessoas do mesmo sexo que vá sendo publicada nos principais meios de comunicação portugueses. E a informação publicada no estrangeiro sobre Portugal. Além de textos informativos também serão recolhidos textos de opinião positiva ao casamento homossexual. Este blog não tem qualquer finalidade comercial, no entanto se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo constante neste sítio comunique-nos, por favor, através do nosso e-mail, que também deve ser usado para nos enviar qualquer sugestão, dúvida ou comentário. Obrigado.
Powered by Blogger
and Blogger Templates